CATI (Pesquisa por telefone): Como fazer, custos e equipamentos

CATI Pesquisa por telefone
5/5 - (6 votes)

Uma das modalidade mais ágeis para realizar uma pesquisa de opinião pública, mercado ou de satisfação é o CATI, ou Computer Assisted Telephone Interview.

Neste tipo de coleta, as entrevistas são realizadas por telefone, ou seja, não é necessário que a equipe de pesquisadores se desloque de casa em casa ou até mesmo de cidade em cidade para coletar as informações.

O CATI vem se desenvolvendo no Brasil, muito em função da redução dos custos de telefonia e do lançamento de novas plataformas de pesquisa adaptadas para a metodologia.

A forma mais comum de se realizar uma pesquisa por telefone ainda é com entrevistados humanos. Embora já existam soluções no mercado totalmente automatizadas, e metodologia ainda não foi validada para trabalhos exigem maior grau de precisão.

Aplicações da pesquisa por telefone – CATI

Vantagens e desvantagens de pesquisas telefônicas – CATI

As coletas por telefone, ou CATI, sempre foram alvo de críticas de parte da comunidade de pesquisadores. Embora a grande parte dos problemas da metodologia já tenham sido solucionados, ainda existem clientes que preferem a coleta tradicional, face-a-face.

Nos Estados Unidos e Europa, a maioria das pesquisas eleitorais já utiliza o sistema CATI.

Vantagens do CATI

  • Custo reduzido
  • Agilidade na coleta
  • Facilidade de organização
  • Ferramentas para controle de qualidade
  • Ideal para pesquisas de alta frequência

Desvantagens do CATI

  • Exigência de infra-estrutura robusta
  • Necessidade de lista de contatos
  • Limitação do tempo de entrevista
  • Alto índice de abandono de entrevistas
  • Dificuldade de controle amostral

Como fazer uma pesquisa telefônica – CATI

É possível realizar pequenas pesquisas por telefone utilizando planos de voz ilimitados de operadoras de telefonia convencionais e sistemas de coleta de dados gratuitos, como o Google Forms.

Entretanto, para pesquisas mais robustas, é necessária uma infraestrutura compatível.

Recomenda-se um sistema VoIP robusto e certificado pela Anatel. Além disso, é necessário um sistema de gravação de chamadas para controle de qualidade, acompanhamento de cotas e produtividade dos entrevistadores.

Empresa que faz CATI – Coleta de dados de pesquisa por telefone

O Instituto OPUS conta com uma equipe de coordenadores e aplicadores treinados para esse tipo de coleta, além de uma infraestrutra robusta, que contempla:

  • Capacidade para até 50 aplicadores por turno
  • Conexão VoIP de alta intensidade regulamentada pela Anatel
  • BINA inteligente (O DDD que aparece no celular do entrevistado é sempre local)
  • Plataforma para gravação de chamadas e controle de qualidade
  • Sistema para acompanhamento de cotas e produtividade

Entre em contato com um dos nosso consultores e conheça a melhor metodologia de coleta para o seu projeto de pesquisa.

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo