Cluster empresarial: O que é e para que serve?

5/5 - (1 vote)

Conforme o tempo passa, novas oportunidades surgem para aperfeiçoar ainda mais a performance e otimização nos processos de negócios.

O empreendedor que aprende a pensar coletivamente e se adequa às mudanças que o mercado exige tem grandes chances de crescer.

Nesse sentido, vamos te explicar um pouco mais sobre o Cluster Empresarial ou de Negócios – uma forte estratégia para desenvolver ainda mais a sua empresa.

O que é cluster?

Cluster quer dizer “aglomerar” ou “agrupar”. Significa integrar dois ou mais computadores para que trabalhem simultaneamente.

Ou seja, cluster é a conexão entre dois ou mais computadores com o propósito de melhorar o desempenho dos sistemas na execução de diferentes tarefas.

A partir dele, os computadores passam a atuar dentro de um único sistema, trabalhando em conjunto no processamento, análise e interpretação de dados, informações e/ou realização de tarefas simultâneas.

Quais tipos de clusters existem?

É preciso entender que existem vários tipos de clusters e que cada um possui sua finalidade. Os principais são:

Failover ou High Availability Computing Cluster (Cluster de Alta Disponibilidade)

Assegura que uma rede permaneça sempre ativa. Caso um computador fique fora do ar ou apresente algum problema, o outro mantém a rede em funcionamento.

Load Balancing (Cluster para Balanceamento de Carga)

Nesse caso, o cluster é uma estrutura onde todos os computadores são responsáveis pela execução de uma determinada tarefa. Portanto, em caso de falha de equipamento, ele é retirado e sua função inicial atribuída a ele é dividida entre os demais.

High Performance Computing Cluster (Cluster de Alto Desempenho)

Esse tipo de cluster é utilizado para desempenhar tarefas de alto desempenho, de forma a garantir a melhor performance.

Processamento paralelo

Esse tipo de cluster transforma uma tarefa complexa em várias simples e as distribui entre os nós integrados ao sistema.

Cluster empresarial

Com sua origem na Tecnologia da Informação, o cluster empresarial passou a ser aplicado por corporações de diversos segmentos, baseando-se na conexão de organizações através de relações empresariais em uma determinada região.

De forma geral, as empresas começaram a entender que trabalhar com relações de parceria pode ser mais promissor do que se desenvolverem de forma isolada.

Foi a partir desse momento que a clusterização passou a ser vista como uma possibilidade para unir corporações. Em um mesmo espaço geográfico, ou de maneira virtual, diversos setores e segmentos podem se aproximar com o objetivo de:

  • Dividir despesas;
  • Formar novos negócios;
  • Aumentar a produtividade;
  • Estabelecer metas;
  • Obter ganhos mútuos;
  • Manter a organização dos projetos.

Um cluster empresarial, portanto, significa uma concentração de empresas em um mesmo local.

Qual o objetivo de um cluster empresarial?

A cluterização tem como objetivo fortalecer um grupo de elementos que possua algo em comum, sendo aplicada no contexto de servidores, sistemas ou empresas.

Aderir à essa estratégia possibilita um grande avanço da tecnologia para o fortalecimento da capacidade de inovação, além de incentivar a constituição de novas empresas ou soluções, ampliando os negócios envolvidos.

Vantagens de um cluster para empresas

São muitas as vantagens de um cluster para empresas, a curto, médio e longo prazo. Separamos os principais para você. Confira:

  • Potencialização do uso de soluções inovadoras;
  • Aumento no volume de produção;
  • Acesso facilitado a novos fornecedores;
  • Aceleração das vendas – o que leva ao aumento do faturamento;
  • Otimização dos custos;
  • Aumento do poder competitivo;
  • Melhor captação de mão de obra especializada;
  • Acesso a novas tecnologias;
  • Redução de gastos;
  • Diferenciais competitivos;
  • Desenvolvimento acelerado nos negócios.

Exemplos de cluster empresarial no Brasil

Para reforçar esse modelo de negócio, queremos lhe apresentar alguns exemplos de cluster brasileiros que já estão no mercado.

A cidade de Belo Horizonte, por exemplo, conta com o maior polo de biotecnologia da América Latina, em sua região metropolitana. São 55 empresas, com 5 mil funcionários, que trabalham com agronegócio, saúde humana e animal e meio ambiente.

Uma outra forma de ilustrar como a clusterização de empresas funciona na prática são os parques tecnológicos, mais conhecidos como startups.

De acordo com o panorama realizado pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups), o número de negócios desse segmento vem crescendo a proporções incríveis: o país já conta com mais de 14 mil startups distribuídas em 78 clusters!

Avalie os resultados de sua estratégia de cluster

Já pensou descobrir o que os seus clientes acham da sua empresa?

Imagine entender a percepção dos consumidores a respeito de sua firma, a fim de analisar se seus investimentos e melhorias estão sendo realmente efetivos.

Isso tudo é possível através da avaliação por cliente oculto!

Esse serviço oferece à sua empresa uma análise criteriosa sobre os pontos positivos e negativos observados nos diferentes setores da instituição. Assim, é possível implantar as melhorias necessárias e estratégias ainda mais efetivas, com o objetivo de captar e fidelizar mais clientes!

Para saber mais, entre em contato com um de nossos especialistas. Ficaremos felizes em ajudá-lo!

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo