Índices de concentração de mercado: Entenda a importância de compreendê-los e aprenda a medi-los

Rate this post

Entender a estrutura de mercado de um determinado nicho é de extrema importância para nortear as tomadas de decisões gerenciais e para estabelecer estratégias e políticas de preços por parte das firmas.

Dentro desse contexto, saber analisar a concentração de mercado do setor desejado torna-se essencial. Isso porque companhias elaboram estratégias a partir desses cálculos para aumentar sua vantagem competitiva, uma vez que conseguem compreender melhor o grau de concorrência do mercado em que estão inseridas.

Concentração de mercado: o que é?

Concentração de mercado é uma medida que representa a relação entre as vendas de um certo número de empresas e o total de vendas de determinada indústria.

Portanto, essa medida pode ser entendida como um indicador de competitividade dentro de um setor ou uma região e representa um papel importante na tomada de decisão das firmas.

Medidas de concentração de mercado

As medidas de concentração buscam averiguar o quão competitivo determinado mercado é. Dessa forma, torna-se possível identificar a dominância que os agentes econômicos exercem em seu setor de atuação.

Para chegar a essas conclusões, as medidas de concentração levam em consideração a quantidade de empresas no mercado e a desigualdade de participação no nicho mercadológico. Nesse sentido, o Market Share é um dos indicadores utilizados para a análise, uma vez que verifica como está distribuída a atuação das organizações, refletindo se há crescimento por parte de uma companhia dentro de um mercado estável.

Além disso, as medidas de concentração também têm o intuito de captar o grau de poder de mercado de cada empresa. Ou seja, averigua a capacidade que uma firma possui em controlar o preço de venda de um produto ou serviço.

Os tipos de medidas de concentração de mercado

São duas as categorias em que os indicadores de concentração estão inseridos:

  • Parciais: essa categoria irá realizar a análise utilizando dados de somente algumas empresas presentes no mercado.

Exemplo: Razões de concentração.

  • Sumárias: é necessário a captação de dados de todas as empresas do setor analisado.

Exemplo: HHI ou Índice de Entropia.

Dentro dessas categorias, os indicadores podem ser considerados:

  • Normativos: levam em conta a estrutura concorrencial e visam medir o nível de concentração potencial de um mercado. Além disso, avaliam parâmetros comportamentais, como as preferências dos consumidores.
  • Positivos: consideram somente o marketing share, não dependendo de parâmetros relacionados a produtores e consumidores. Dessa forma, as medidas trazem resultados abrangentes a respeito do nível de concentração.

Os resultados obtidos podem variar em função da metodologia adotada. É recomendável, portanto, o uso de mais de uma técnica. Vamos entender um pouco mais sobre cada uma a seguir.

CR4

A Relação de Concentração (CR) é utilizada para determinar a participação de um número de empresas no mercado. Nesse contexto, o CR4 busca analisar o total da participação de mercado das 4 maiores companhias do nicho.

Alguns pontos negativos podem ser ressaltados a respeito do índice:

  • Como são consideradas somente as 4 maiores firmas daquele mercado, estas podem variar durante o período analisado, impossibilitando o CR4 de demonstrar o nível de concentração relativo entre as empresas.
  • É desconsiderado o tamanho de cada companhia envolvida no cálculo (que podem ter grandes diferenças), podendo gerar problemas à análise.

A fórmula abaixo ilustra a aplicação da técnica:

Na fórmula, identifica-se a soma do market share das 4 maiores empresas de um determinado mercado. Sendo:

  • Si: a participação das firmas presentes no mercado;
  • j: uma determinada indústria;

Para facilitar a compreensão, imagine um cenário hipotético formado por nove empresas. Se as quatro maiores firmas dominam 50%, 20%, 10% e 10% do mercado respectivamente, o índice CR4 será de 90%.

CR4 = 50 + 20 + 10 + 10 = 90

A interpretação do resultado é simples: quanto maior o índice, maior o nível de concentração.

Classifica-se o nível de mercado de acordo com o índice obtido da seguinte forma:

Níveis de mercadoRazão de concentração
Altamente concentradoMaior que 75%
Alta concentraçãoEntre 65% e 75%
Concentração moderadaEntre 50% e 65%
Baixa concentraçãoEntre 35% e 50%
Ausência de concentraçãoMenor que 35%
Claramente atomísticoIgual a 2%

Hirchsman-Herfindahl (HHI)

O índice HHI refere-se à soma dos quadrados da participação de cada empresa presente no mercado. Quanto mais elevado for o valor de HHI, maior será o nível de concentração e menor será a concorrência.

Ao elevar a parcela de participação ao quadrado, é atribuído um maior grau de concentração às maiores firmas. Ou seja, o tamanho relativo das empresas passa a ser levado em consideração.

Os resultados da execução do índice HHI podem variar entre “1” e “10.000”. Nesse caso, quanto mais próximo de “1”, o valor indica um mercado altamente competitivo, que se aproxima da concorrência perfeita. Já quanto mais próximo de “10.000”, mais o resultado se aproxima de indicar um mercado monopolista.

O índice de Hirchsman-Herfindahl é dado por:

Sendo:

  • N: é o número de firmas participantes do mercado em questão;
  • Si: a participação de cada firma no mercado;
  • I: um tipo de firma num dado mercado.

Exemplificando: Suponha uma situação em que existam 3 firmas que possuam 60%, 25% e 15% respectivamente das fatias do mercado. O cálculo pelo HHI é feito da seguinte maneira:

HHI = (60)2 + (25)2 + (15)2 = 4.450    

Nesse caso, o mercado seria considerado altamente concentrado. Confira abaixo a relação entre índice e a classificação do cenário econômico do nicho observado.

Resultado do índiceClassificação do mercado
Menor do que 1.000Não concentrado
Entre 1.000 e 1.800Moderadamente concentrado
Maior do que 1.800Altamente concentrado

Caso o índice resulte em um número menor do que 1.000, indicando que o mercado é não concentrado, não existe preocupação com a ocorrência de fusões.

Caso o resultado fique entre 1.000 e 1.800 e ocorra um aumento de 100 unidades no índice devido à realização de uma fusão ou aquisição no mercado observado, essa situação deve ser vista com preocupação.

Já se o HHI for maior que 1.800, caso haja um aumento do índice em 50 unidades, a situação também deve ser contestada.

Índice de Entropia ou Índice de Theil (T)

O índice surgiu no contexto da teoria da informação e é frequentemente utilizado para medir distribuição de renda. Ainda assim, o índice de Theil é capaz de entender a distribuição das parcelas do mercado entre as firmas concorrentes.

Nesse contexto, a entropia mede o nível de desordem em um sistema. Para isso, o valor resultante do cálculo deve variar de 0 a 1. Quanto menor o resultado obtido, maior é a concentração do mercado.

Chega-se ao índice de desigualdade de Theil, por meio da seguinte expressão:

Sendo:

  • N: número de empresas analisadas
  • yi: a participação da empresa no mercado;
  • logn:  logarítmo natural.

Observa-se, portanto, que os limites de T são:

  • Se T=0:  caracteriza um monopólio;
  • Se ET= ln (n): caracteriza a situação em que todas as empresas possuem o mesmo tamanho.

Índice de Joly (j)

O Índice de Joly também pode ser um dos recursos utilizados para medir a concentração do mercado. Para isso, ele leva em consideração o tamanho absoluto de todas as unidades incluídas e envolvidas em uma indústria.

A expressão é dada por:

Sendo:

  • N:  número de empresas analisadas;
  • X:  variável referente à participação no mercado da empresa;
  • I: firma num dado mercado.

Assume-se que quanto maior o valor obtido, maior será a concentração do mercado analisado.

MOCDI, Noam-Index ou Índice Noam:

Esse índice foi criado propriamente para mercados que atuam na área de comunicação.

Dentro desse contexto, foi considerado que o HHI fosse dividido pela raiz quadrada do número de empresas participantes no mercado, desde que estas detenham, pelo menos, 1% da fatia dessa indústria. Dessa maneira, é possível dar peso aos diferentes níveis de poder de mercado e à diversidade de empresas presentes no cenário em questão.

Veja abaixo a expressão de MOCDI:

Sendo:

  • N: número de firmas participantes do mercado em questão;
  • Si: participação de cada firma no mercado;
  • I: um tipo de firma num dado mercado.

Logo é importante saber que quanto maior o resultado (MOCDI), mais concentrado é o mercado. Observe a relação de valores na tabela abaixo.

Resultado do índiceClassificação do mercado
Menor do que 300Não concentrado
Entre 300 e 500Moderadamente concentrado
Maior do que 500Altamente concentrado

Hill Index (HI):

Esse índice também é considerado específico para mercado de mídia e aborda uma correlação entre o aumento da concentração em mercado de mídia e a redução da diversidade de empresas presentes na indústria.

A expressão baseia-se no somatório da raiz quadrada das parcelas de mercado compartilhado.

Sendo:

  • Si: a participação de cada firma no mercado;
  • i: um tipo de firma num dado mercado.

Entende-se, portanto, que quanto maior for o valor de HI, maior será a diversidade no mercado analisado.

Agora que você entendeu um pouco mais sobre concentração de mercado e como mensurar seus índices, que tal utilizar dessas ferramentas para alavancar sua empresa no mercado competitivo?

Caso tenha alguma dúvida, nos pergunte nos comentários abaixo! Ficaremos felizes em ajudá-lo!

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo