Market Share: O que é, como calcular e pra que serve

Rate this post

Você provavelmente já se deparou em algum momento com os termos concentração setorial/mercado, parcela de mercado, estrutura de mercado, Market Share etc. E, provavelmente, acreditou que avaliações desse nível só eram relevantes para grandes empresas prestes a realizarem uma fusão ou incorporação. Viemos aqui te dizer que você estava enganado!

O cálculo do Market Share é a porta de entrada para uma avaliação do mercado ao qual você está inserido ou deseja entrar. Através desse indicador é possível avaliar a evolução do seu negócio, barreiras a entrada no seu mercado objetivo, estrutura do mercado etc.

O que é Market Share?

Quando se pensa em estrutura setorial e participação no mercado, tudo se inicia com o cálculo do Market Share.  Em português, significa nada mais que a participação no mercado de determinada empresa.

Embora seja comum escutar essa expressão sempre vinculada a grandes empresas de alcance nacional, como telefonias, montadoras, distribuidoras de energia elétrica etc., a mesma lógica pode ser empregada em pequenos negócios e de alcance reduzido.

Vamos a um exemplo:

O número de veículos de passeio produzidos anualmente no Brasil é um total de 75 milhões de unidades. As vendas da montadora XPTO totalizam 35 milhões, portanto, significa que ela detém 46,7% do mercado.

Por outro lado, uma praça de alimentação de um centro comercial gera um milhão de reais por mês em receitas. O quiosque de açaí fatura em média 180 mil reais por mês, sendo assim, possui uma fatia de 18% daquele mercado.

Porque calcular o meu Market Share

É ótimo poder acompanhar a evolução da sua participação no mercado. Mas adiantamos que a importância de conhecer tais indicadores vai muito além da simplória analise se ele está baixo, alto ou se caiu ou amentou. Até mesmo porque essa análise é muito subjetiva e é o empreendedor quem decide qual parcela do mercado deseja ocupar.

No entanto, existem duas grandes razões para conhecer o seu Market Share.

Mensurar o seu valor: quanto mais um produto ou serviço é demandado efetivamente, mais ele se torna consolidado e relevante aos olhos dos consumidores. Dessa forma, podemos dizer que Market Share costuma ser proporcional ao valor do seu negócio.

Observar a tendência do seu progresso: se a sua parcela de mercado vem aumentado a cada pesquisa realizada, isso indica que você está vencendo a concorrência. Por outro lado, quando sua parcela de participação no mercado diminui, pode-se dizer que você está perdendo vendas e precisa cuidar disso com urgência.

Como calcular a parcela de mercado de uma empresa

É possível identificar o Market Share de uma empresa de três formas, tendo como base Volume de Vendas, Faturamento ou Número de Clientes.

Considerando o volume te vendas:

Supondo que uma pequena indústria moveleira de estofados, a Encosto Feliz Estofados – LTDA venda, em média, 5 mil unidades de sofás em sua área de atendimento por mês, que, por sua vez, constitui-se de um mercado onde são vendidas 100 mil unidades, basta fazer uma regra de três:

100.000 = 100%

5.000 = X

100.000X = (100).(5.000)  

X = 5

Ou seja, o Market Share desta pequena indústria moveleira é 5%

Considerando o faturamento

No mesmo arranjo produtivo local onde a indústria do exemplo anterior está sediada, outras seis indústrias de estofados também estão situadas e juntas as 7 respondem por um montante de faturamento igual a 5,6 milhões por mês. A Encosto Feliz Estofados responde por um faturamento de 1,6 milhões. Novamente podemos utilizar a regra de três:

5,6 = 100%

1,6 = X

5,6X = (100).(1,6) 

X = 28,57

Ou seja, considerando o montante do faturamento, e apenas o arranjo produtivo local onde a empresa do exemplo está sediada, a sua parcela do mercado corresponde a 28,57%.

Considerando o número de clientes:

Em um levantamento na região de atuação da Estofados Encosto Feliz foi apurado via pesquisa de mercado que 300 mil domicílios efetuaram a compra de um sofá no último mês. Como sabemos que o total de vendas da empresa é 5 mil unidades também podemos facilmente encontrar o Market Share neste caso.

300.000 = 100%

5.000 = X

300.000X = (100).(5.000)

X = 1,6

Dessa forma, considerando o número de clientes, o Market Share da empresa é 1,6%.

Como visualizar a estrutura de um mercado?

Embora os números consigam trazer bastante informação consigo, é interessante apresentar a informação de uma forma mais visual. Muitas vezes são utilizados os Treemaps.

Treemap

O gráfico acima é a representação do Índice Bovespa, que, por sua vez, é o mais importante indicador de desempenho médio das cotações das ações negociadas na B3 – Brasil, Bolsa e Balcão. O índice é formado pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses e com ajuda de um Treemap conseguimos visualizar como a parcela do indice que é destinada a cada empresa. Além de informações númericas com o Market Share exibido em valores percentuais, os Treemap contam com recursos visuais de maneira que seja possível visualizar quem são os maiores participantes do mercado.

Como utilizar o Market Share na maximização dos resultados

A visão de parcela de mercado a ser utilizada depende diretamente da estratégia que o empreendedor deseja implementar. Se a estratégia é baseada em um produto premium que tem como objetivo atender um publico alvo mais seleto, entende-se que o volume de vendas será baixo, e, portanto, é melhor avaliar o Market Share a luz do faturamento.

Por outro lado, caso a empresa seja do segmento de produtos mais populares e seu lucro seja maximizado via aumento da quantidade produzida/vendida, deve-se olhar a parcela de mercado de acordo com o número de clientes atendidos e volume de vendas.

Para traçar uma estratégia que convirja, de fato, com objetivo da empresa é preciso aliar objetivos claros a informações precisas. Por isso, ressaltamos a importância da realização de pesquisas de mercado em qualquer etapa de qualquer empreendimento. Saiba mais sobre esse serviço essencial entrando em contato com um de nossos especialistas.

Converse com um especialista em pesquisas de opinião pública e mercado do Instituto OPUS

Gostou do nosso conteúdo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo