Financiamento Coletivo para Candidatos

Crowdfunding Eleitoral

A minirreforma política para as eleições de 2018 trouxe algumas novidades para o tabuleiro eleitoral. Além da permissão para publicidade online e da cláusula de desempenho, agora os candidatos podem pedir contribuições de pessoas físicas através da internet.

Esse tipo de atividade, também conhecida como crowdfunding, vaquinha digital ou financiamento coletivo online já era empregado para projetos sociais, eventos culturais e financiamento de produtos independentes.

Agora políticos eleitos e candidatos a cargos públicos também podem lançar mão da ferramenta, que promete suprir parte dos recursos que antes eram doados por empresas.

De acordo com a regras divulgadas pelo TSE, todos os doares e suas respectivas contribuições precisam ser identificadas, e integrados ao sistema de prestação de contas eleitorais. Também é obrigatório a emissão de recibo ao apoiador.

Embora o período oficial de campanha comece apenas em agosto, a partir do dia 15 de maio já é possível começar a arrecadação. Entretanto, caso o pré-candidato não concorra, os valores devem ser revertidos aos doadores.

Como arrecadar doações via crowdfunding / vaquinha digital / financiamento coletivo

A arrecadação de recursos via crowdfunding / vaquinha digital / financiamento coletivo online demanda uma plataforma especializada.

Para financiamentos coletivos sem ligação com as eleições, já existem diversas opções disponíveis, como o Catarse e o Indiegogo. Contudo, o TSE exige que cada plataforma se cadastre junto à justiça eleitoral para fins de fiscalização e auditoria. Por isso, algumas plataformas decidiram não disponibilizar a ferramenta para fins políticos.

Listamos abaixo os sites de crowdfunding que tem um projeto eleitoral.

Ferramentas de crowdfunding

Até o momento duas plataformas já anunciaram ferramentas de arrecadação de doações online em conformidade com a regras do TSE.

Uma delas é o tradicional site de financiamento coletivo Vakinha. Já é possível fazer o pré-cadastro na ferramenta de arrecadação política.

O segundo site a anunciar um sistema de doações online para candidatos é o estreante Confia Brasil. Toda a base tecnológica da ferramenta foi desenvolvida levando em conta as particularidades da legislação eleitoral.

Com essas duas opções disponíveis, resta a equipe do candidato avaliar qual das soluções de crowdfunding / vaquinha / financiamento coletivo mais de adequam às necessidades da campanha. Lembre-se sempre de verificar as taxas cobradas por cada plataforma.

Se restar alguma dúvida, entre em contato com o Instituto OPUS. Teremos prazer em ajudar.

Gostou do nosso conteúdo?

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo